Resende - Cavacas e restaurantes têm selo de qualidade da Rota do Românico


Quatro restaurantes e um produto endógeno caraterístico do concelho de Resende foram atribuídos com o selo da qualidade da Rota do Românico, que distinguiu mais 66 unidades turísticos com esta menção na quarta fase.

São eles o Restaurante das Caldas, o Douro à Vista, o Gentleman, o D. Maria e ainda as Cavacas de Resende produzidas por Abel de Almeida Pereira.

Ao todo, foram premiadas 20 unidades de alojamento, 30 restaurantes e 16 produtores e comerciantes de produtos locais, como vinho, doçaria e artesanato, após as candidaturas entregues. Só Felgueiras tem 16 destes selos de qualidade.

O “Selo de Qualidade” insere-se no âmbito do Sistema de Valorização de Produtos e Serviços Turísticos da Rota do Românico, “destinado à promoção de um patamar de qualidade uniforme dos produtos e serviços prestados aos turistas e visitantes da região” e, assim, criar uma “imagem de prestígio e de qualidade do produto e serviço em si, mas também para a melhoria da oferta turística do território da Rota do Românico”.

Os selos foram atribuídos por representantes de dez entidades do meio académico e associativo. Ao todo, foram atribuídos 191 selos desde o início do projeto.

A Rota do Românico reúne, atualmente, 58 monumentos, distribuídos por 12 municípios dos vales do Sousa, Douro e Tâmega (Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel e Resende), na região Norte.